Ir para Conteúdo

Capacitação Digital

Uma das missões do .PT é contribuir para a dinamização da internet e para a promoção das competências digitais em Portugal. No âmbito do apoio ao programa governamental INCoDe.2030, uma importante ação integrada de política pública dedicada ao reforço de competências digitais; ao MUDA, que pretende incentivar a participação dos portugueses no espaço digital; e ao Portugal Digital, um plano de ação desenhado para ser o motor de transformação do país, através da capacitação digital das Pessoas, da transformação digital das Empresas e da digitalização do Estado e que tem como propósito acelerar Portugal, sem deixar ninguém para trás, e projetar o país no mundo, o .PT tem vindo a alargar o apoio a projetos e iniciativas na área das competências e inclusão digitais.

Iniciativa Nacional Competências Digitais e.2030, INCoDe.2030


A Iniciativa Nacional Competências Digitais e.2030, INCoDe.2030, é um programa do Governo que tem como objetivo promover as competências digitais dos portugueses, agregando e promovendo iniciativas de entidades públicas e privadas. 

Organiza-se em cinco eixos de ação, garantindo transversalmente a promoção da igualdade de género, desconstruindo estereótipos na área tecnológica e fomentando a igualdade de oportunidades.

O INCoDe.2030 vai realizar, ao longo de 2022 e 2023, o Roteiro INCoDe.2030 – Capacitação Digital que passará por 25 cidades portuguesas, incluindo as ilhas da Madeira e Açores, para debater temas como a capacitação digital, a segurança da informação, a igualdade de género e fundos e a sua utilização, e para apresentar iniciativas como o EU SOU DIGITAL ou o projeto Engenheiras por um dia. 

Sitestar.pt


O Sitestar.pt é um concurso que visa desafiar os jovens portugueses empreendedores e criativos a desenvolver websites originais com conteúdos em português e sob o domínio .pt. O concurso nasceu de uma parceria do .PT com a DECO Jovem entretanto alargada a outros parceiros, a saber: ANPRI, DGE, IGAC, INPI, Plano Nacional de Leitura e Direção-Geral do Consumidor. 

O Sitestar.pt está direcionado a jovens com idades escolares entre os 14 e 18 anos, privilegiando o contexto escolar como elemento motivador para a participação de alunos e professores. Os alunos, acompanhados por um professor, podem concorrer para desenvolver websites de sua autoria inseridos em diversas categorias. Na 1.ª fase do concurso são aprovadas as melhores propostas de websites apresentadas. A estas propostas é atribuído um domínio .pt, uma ferramenta de criação de site e respetivo alojamento e caixas de correio eletrónico que permite a construção do website e sua permanência durante 12 meses, ou seja, um voucher 3em1.pt. As equipas vencedoras recebem prémios e têm ainda a oportunidade de serem reconhecidas na cerimónia de entrega dos Prémios ACEPI Navegantes XXI.
Rampa Digital

A Rampa Digital é uma iniciativa do .PT com o apoio do Google.org. Contribuir para acelerar a recuperação económica através da tecnologia e do digital é o objetivo macro. A Rampa Digital vai incluir um conjunto de ações de formação e mentoria, bem como de acesso gratuito a ferramentas digitais, e destina-se a três grandes públicos-alvo:

  • Micro e pequenas empresas, em particular de regiões marcadas pela assimetria geográfica
  • Mulheres em situação de vulnerabilidade
  • Jovens com necessidades especiais

Cursos online em vídeo, casos de estudo, sessões de acompanhamento e de formação online e presenciais são algumas das ações que fazem parte da Rampa Digital, que adotará ainda uma abordagem de proximidade, através de sessões individuais e em pequenos grupos.
 
Conheça melhor a iniciativa em www.rampadigital.pt.

3em1.pt

O .PT promove desde 2006 a presença das empresas criadas na hora com um domínio .pt, na sequência de Protocolo celebrado com o Ministério da Justiça – RNPC. Em 2013, e atento o compromisso do .pt face à comunidade internet nacional, foi pensada a iniciativa intitulada 3em1, à qual se associaram um conjunto de registrars de .pt.  Com a iniciativa 3em1 é atribuído a quem crie uma empresa, associação ou sucursal na hora, um pacote de serviços gratuitos, pelo período de um ano, que inclui um domínio .pt, uma ferramenta para desenvolvimento de site e respetivo alojamento técnico e caixas de correio eletrónico. 

O 3em1 alarga-se a outras iniciativas fora do âmbito do ENH (Empresa na Hora), assumindo a forma de voucher a atribuir a pessoas ou entidades a definir.

ComércioDigital.pt

Em 2018 foi celebrado um protocolo entre a ACEPI - Associação da Economia Digital, a CCP - Confederação do Comércio e Serviços de Portugal e o .PT para, sob a égide do Ministério da Economia, desenvolver o Projeto ComércioDigital.pt – Qualificar o Comércio e os Serviços para a Economia Digital que tem como objetivo a modernização e capacitação de mais de 50.000 PMEs, em 3 anos, na adoção de uma efetiva e consequente presença na internet e apoio na utilização e aquisição de ferramentas de marketing digital, para um crescimento sustentável e globalizado dos seus negócios. 

Uma das iniciativas pensadas no âmbito deste programa, e que envolve o .PT, é o 3em1 Comércio (oferta de domínio .pt, ferramenta de desenvolvimento de site e emails por um ano), dirigido a microempresas e PMEs, em particular do comércio de proximidade (comércio e serviços), que ainda não têm a sua página na internet. Este é também um contributo para o desenvolvimento de competências digitais junto dos empresários portugueses.

Acredita Portugal 

A Acredita Portugal é uma organização sem fins lucrativos focada no desenvolvimento e promoção do empreendedorismo nacional. O .PT oferece vouchers 3em1.pt aos 150 semifinalistas do concurso de empreendedorismo da Acredita Portugal, para que estes possam promover a sua presença digital.
EUSOUDIGITAL


O Programa EUSOUDIGITAL tem como objetivo promover a literacia digital de 1 milhão de adultos em Portugal, até ao final de 2023, através do desenvolvimento de uma rede nacional de milhares de voluntários apoiados em mais de 1.500 espaços, em todo o País. 

O programa irá apoiar adultos que nunca utilizaram a internet, através de ações de capacitação digital desenvolvidas por voluntários, no contexto familiar ou local de proximidade na comunidade, como Juntas de Freguesia, escolas, lares, entre outros.

É uma iniciativa financiada pela Caixa Geral de Depósitos, promovida pelo MUDA – Movimento pela Utilização Digital Ativa com apoio da Estrutura de Missão Portugal Digital, realizado em parceria com o .PT, o INCoDe.2030, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia e a Nova School of Business Ecnonomics, e cofinanciado pelo Portugal Inovação Social, POISE – Programa Operacional Inclusão Social e Emprego, Portugal 2020 e pela União Europeia. 

Apps for Good

O .PT apoia o Apps for Good, um movimento tecnológico educativo onde professores e alunos trabalham em equipa para darem resposta a questões relevantes do seu dia-a-dia através da criação de apps. Apps for Good foi uma das 100 iniciativas tecnológicas mais promissoras da Europa em 2018, divulgado pelo Financial Times em colaboração com a Google. 

Para além do apoio global à iniciativa, o .PT apoia ainda o prémio dirigido ao público feminino "Jovem Aluna .PT". Com este prémio o .PT pretende incentivar a participação feminina no Apps for Good e, consequentemente, no mundo digital.

Portugal Digital Week 

O .PT é parceiro institucional da Portugal Digital Week, uma iniciativa da ACEPI - Associação da Economia Digital. Durante esta semana decorrem diversas atividades, entre elas o Estudo da Economia Digital, que conta com dados do .pt; o Portugal Digital Summit, que conta com oradores convidados pelo .PT e um stand do .PT na área de exposição; os Prémios ACEPI Navegantes XXI que contam com 3 categorias apoiadas pelo .pt: Melhor Site .pt; Melhor Site Escola/Sitestar.pt; e Melhor App for Good; e o Roadshow Nacional "Portugal Digital 2017-2025” que percorre o país com um conjunto de apresentações a terem lugar em várias universidades, com o objetivo de dar a conhecer as mais recentes tendências digitais e os resultados do Estudo da Economia Digital em Portugal.

MUDA - Movimento pela Utilização Digital Ativa

O .PT é uma das entidades promotoras do MUDA, um movimento nacional promovido por várias empresas, universidades e associações e pelo Estado Português que assumem, em conjunto, o compromisso de incentivar a participação dos portugueses no espaço digital e ajudar a tirar partido dos benefícios associados aos serviços digitais, disponibilizados por empresas e pelo Estado.

Iniciativas desenvolvidas pelo MUDA:
ROADSHOW MUDA
MUDA NA ESCOLA 
MUDA NUM MINUTO
MUDA EM CASA 
Programa de bolsas de estudo

O .PT assinou um memorando de entendimento com a Huawei para o desenvolvimento de um programa de bolsas de estudo, que pretende beneficiar um total de 50 alunos portugueses do ensino superior das áreas STEAM (Ciências, Tecnologia, Engenharia, Artes e Matemática). Prevê-se a entrega do mesmo número de bolsas de estudo a raparigas e rapazes, promovendo assim a igualdade de género nas TIC. O programa foi lançado no dia 20 de dezembro de 2021 e os estudantes interessados podem candidatar-se até ao dia 1 de março de 2022. 

Internet Segura 

O Centro Internet Segura é da responsabilidade de um consórcio coordenado pelo Centro Nacional de Cibersegurança, e que também envolve a Direção-Geral da Educação, a Fundação para a Ciência e a Tecnologia, o Instituto Português do Desporto e Juventude, a Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, a Fundação Altice Portugal e a Microsoft. O .PT integra o Conselho de Acompanhamento do Centro Internet Segura. 

Programa para a Inclusão e Literacia Digital 

O .PT apoia o Programa para a Inclusão e Literacia Digital da Câmara Municipal de Lisboa, que foi criado para que trabalhadores da CML e cidadãos possam, de forma simples e prática, aceder à Internet e ao uso das tecnologias digitais no quotidiano. Tem por base 10 ações de formação, certificada, sobre comunicação online, segurança na Internet, serviços públicos online, edição de texto, folhas de cálculo e introdução à programação. A realização dos cursos permite obter o Passaporte de Competências Digitais, único no país.

O programa teve início em setembro de 2017 em Marvila. Desde então foram realizados mais de 150 cursos por toda a cidade e emitidas mais de 1 800 medalhas digitais, das quais 60% para participantes do sexo feminino. Embora o programa esteja disponível, gratuitamente, para todos os cidadãos, tem enfoque nos adultos com poucos rendimentos, baixos níveis de qualificação, desempregados e idosos. A faixa etária dos participantes é abrangente: dos 21 aos 94 anos.
LEME – Literacia e Educação para os Media Em linha

O site LEME - Literacia e Educação Mediática Em linha é um agregador de recursos de literacia mediática (ex. vídeo, áudio, jogos, propostas de atividades), disponíveis online e prontos a usar em atividades pedagógicas, no sentido de estimular nos alunos, consumidores e produtores de conteúdos nos media digitais, os conhecimentos, as competências e o sentido crítico indispensáveis a uma atuação informada e responsável.

O LEME é uma iniciativa do Secretário de Estado do Cinema, Audiovisual e Media e do Secretário de Estado Adjunto e da Educação e está disponível para o público em geral a título gratuito em: www.leme.gov.pt

EU Kids Online 

O EU Kids Online é um estudo sobre a utilização de internet, telemóvel e outras tecnologias online por parte de crianças e jovens. O novo inquérito nacional EU Kids Online, apresentado em 2019, foi coordenado pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa e contou com o contributo da Direção-Geral da Educação e com o apoio financeiro do .PT. 

NET Viva e Segura

Uma outra iniciativa da DECO, que conta com o apoio do .PT e que tem como objetivo promover a literacia digital e incentivar os jovens com idade escolar a aceder à internet de forma segura, promovendo experiências online ativas mais esclarecidas e conscientes em respeito pela sua privacidade, é a NET Viva e Segura

Iniciativa Portuguesa do Fórum da Governação da Internet 

A Iniciativa Portuguesa do Fórum da Governação da Internet (IPFGI) é uma plataforma nacional de diálogo que reúne todas as Partes Interessadas/Stakeholders, públicos e privados, a academia, a comunidade técnica da internet e a sociedade em geral para informar, refletir e debater de forma aberta e interativa, como deve ser governada a internet, tema cada vez mais relevante nos panoramas nacional e internacional. O .PT é coorganizador desta iniciativa e apoia, também, a iniciativa europeia (EuroDIG).

TaC - Together against Cybercrime/ Youth IGF Movement 

O .PT associou-se ao projeto TaC - Together against Cybercrime, uma organização sem fins lucrativos que trabalha no âmbito do cibercrime/cibersegurança e da proteção online dos jovens.  A TaC está também ativamente envolvida nas questões relacionadas com a governação da internet, através do Youth IGF Movement. 

O Youth IGF Movement é mais uma iniciativa que conta com o apoio do .PT. Trata-se de um movimento global multistakeholder, que permite aos jovens entre os 15 e os 35 anos discutirem assuntos relacionados com a Governação da Internet em debates locais, nacionais ou regionais.

Relatório sobre cybersecurity skills disponível aqui

Carta Portuguesa para a Diversidade: "Engenheiras por um dia" 

O .PT é uma das entidades signatárias da Carta Portuguesa para a Diversidade e, neste âmbito, apoia o projeto "Engenheiras por um dia". Uma iniciativa da Secretária de Estado para a Cidadania e a Igualdade, Rosa Monteiro, promove, junto das estudantes de ensino não superior, a opção pelas engenharias e pelas tecnologias, desconstruindo a ideia de que estas são domínios masculinos. O projeto é coordenado pela Comissão para a Cidadania e a Igualdade de Género, Carta da Diversidade (APPDI), Instituto Superior Técnico e Ordem dos Engenheiros.

International Collegiate Programming Contest

O International Collegiate Programming Contest (ICPC) é um concurso de programação algorítmica para estudantes universitários. Equipas de três elementos, a representar a sua universidade, trabalham para resolver problemas reais, estimulando a colaboração, a criatividade, a inovação e a capacidade de agir sob pressão. Através de formação e competição, as equipas desafiam-se entre si para elevar o nível. Trata-se do mais antigo, maior e mais prestigiado concurso de programação do mundo. As finais mundiais do concurso realizaram-se no Porto, de 31 de março a 5 de abril de 2019, e o .PT foi um dos parceiros.

PAPTICe 

Junto dos mais jovens, o .PT apoia, ainda, o PAPTICe, uma iniciativa da ANPRI - Associação Nacional de Professores de Informática, que tem como objetivo reconhecer o trabalho desenvolvido no ensino profissional, valorizando a excelência, inovação, criatividade e empreendedorismo evidenciados pelos alunos nos seus projetos de PAP, nas áreas de Informática, Multimédia, Eletrónica e Automação.  
Dress for Success

A Dress for Success é uma organização internacional sem fins lucrativos criada em 1997 para promover a independência económico-financeira de mulheres com poucos recursos, através de programas de ajuda na obtenção e retenção de emprego. A Dress for Success está presente em mais de 140 cidades em 19 países, tendo ajudado mais de 850 mil mulheres a alcançar a sua auto-suficiência.
Jogo das Profissões Para a Igualdade

Nas últimas décadas, têm sido muitos os esforços para promover uma mudança comportamental relativamente às atitudes, normas e modelos sociais baseados em estereótipos de género sobre pretensas características de papéis de homens e mulheres, que continuam a justificar profundas desigualdades.

O Jogo das Profissões para a Igualdade nasce da necessidade de, desde cedo, desconstruir estes preconceitos e demonstrar que não há profissões só para homens ou só para mulheres. Esta iniciativa reuniu várias entidades que, conjuntamente e voluntariamente, iniciaram um projeto - com um primeiro jogo - que pretende disponibilizar jogos simples, interativos, inclusivos e educativos, além de conteúdos e informações sobre estes temas, disponíveis a toda a comunidade educativa e famílias.

www.jogodasprofissoes.pt